Castro Soromenho

03/05/2011

Livia Petry Jahn – A chaga: a representação do negro na obra de Castro Soromenho

“O outro, o diferente, será sempre sob o ponto de vista eurocêntrico, um primitivo, um pagão, um ser humano de segunda categoria. Estabelece-se desta forma a dualidade que irá presidir as relações coloniais, qual seja: o homem europeu e sua cultura versus o homem africano e sua relação com a natureza. Neste embate de cultura X natureza, branco X negro, irá surgir a visão e as ideologias do colonizador.”

O artigo de Livia Petry Jahn está disponível em Pdf no sítio da revista Ipotesi.

Anúncios

Blog no WordPress.com.