Castro Soromenho

24/09/2011

José Augusto França: Terra Morta de Castro Soromenho – edição e reedição

 “É um romance de há trinta anos que não envelheceu. Ela fala-nos duma experiência angolana, que foi a da juventude do Autor, e dum colonialismo triste e pobre, que foi o nosso. Ao cabo dele, o romance aparece em Portugal, ao mesmo tempo que aqui vêm dar milhares de vítimas do que ele conta e denuncia. Destino estranho, o desta obra severa que leva a verdade da terra que descreve, nos confins da Lunda, à verdade dos homens que lá vivem uma história sem história, numa vila morta dentro dum passado perdido.”

O artigo, de 1975, está disponível no sítio da revista Colóquio da Fundação Calouste Gulbenkian .

José Augusto França publicou três outros artigos sobre Castro Soromenho (o primeiro e o último ainda não disponíveis na rede):

a) Terra Morta, romance de Castro Soromenho. Seara Nova, 28 (1131) : 149-51, 10 set. 1949;

b) Na morte de Castro Soromenho. Diário de Lisboa, 4 jul. 1968. Suplemento Literário, no 518;

c) Castro Soromenho nota brevíssima à sua memória. África: Revista do Centro de Estudos Africanos, USP. S. Paulo, 11 (1): 3-4, 1988.

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: