Castro Soromenho

08/07/2014

Claudia Maira Silva de Oliveira e Ana Paula Teixeira Porto – Representação de Angola a partir da narrativa literária de Castro Soromenho

“O artigo pretende analisar o romance Terra Morta, de Castro Soromenho, a fim de identificar quais as
temáticas presentes na obra, além disso, verificar como a literatura africana de expressão portuguesa se
desenrola e qual o seu objetivo, também de que ponto de vista se apresenta o nativo e o português. A
partir de leituras teóricas sobre a literatura angolana e o romance em estudo, chegou-se à conclusão de
que Soromenho se utiliza de uma literatura informativa, de cunho realista para representar a
problemática colonial angolana, salientando como o povo colonizado e os colonizadores desencadearam
um processo de aculturação portuguesa em Angola. O romance evidencia a exploração portuguesa sobre o
nativo angolano, as marcas de escravidão, violência e de superioridade.”

 

O artigo está disponível na Revista de Letras Dom Aberto (aqui).

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.