Castro Soromenho

14/06/2017

Página Dossiê PIDE: atualização

Apresentamos novos documentos na página Dossiê PIDE.

18/05/2015

Na página Dossiê Pide, a edição histórica do Portugal Socialista

A edição de 1 de janeiro de 1968 do Portugal Socialista está no item 10 da página. Para os estudos sobre Castro Soromenho, destaque para os Documentos I e II. Embora não conste na edição, a carta apresentada no Documento II foi assinada por António Macedo, Mário Soares, Joaquim Catanho de Menezes e Gustavo Soromenho

03/02/2015

Novos documentos na página Dossiê PIDE – VI

Filed under: Acervo Castro Soromenho, Dossiê PIDE (posts) — sobrecs @ 12:14

No item 7. da página, a PIDE registra a publicação de Terra Morta na URSS; no item 8. Informações sobre “viagens de terroristas”, entre eles Castro Soromenho, e a respeito de Câmara Pires e o MPLA; no item 9. várias páginas sobre as atividades na Europa e no Brasil do movimento de anistia aos presos e exilados políticos portugueses.

29/12/2014

Novo documento na página Dossiê PIDE – V

Filed under: Acervo Castro Soromenho, Dossiê PIDE (posts) — sobrecs @ 10:46

O novo documento (sete folhas) está no item 6. da página.

“Está provado que de Castro recebe frequentemente na sua residência africanos e portugueses de raça branca, para os quais teria obtido documentos falsos. Essas relações, muitos vêm e vão de noite, atraíram a atenção da vizinhança.”

“De Castro sai do seu domicílio todos os dias próximo das 11 horas, a fim de deitar correspondência registrada nas estações dos correios muito afastados do seu domicílio. Costuma realizar também numerosas entrevistas nos cafés, donde telefona ao correspondente que aguarda. Mantém relações contínuas com um estudante pintor de arte brasileiro, Silva Benjamin, nascido a 15-3-1925 em Ceara (Brasil) que beneficia de uma bolsa de estudos e que entrou em França em 1960 por Modane.”

Benjamin A

12/12/2014

Novo documento na página Dossiê PIDE – IV

Filed under: Acervo Castro Soromenho, Dossiê PIDE (posts) — sobrecs @ 12:43

Item 5. da página. Pequena “biografia” sobre Castro Soromenho em francês do Dossiê :

Partisan, depuis longtemps, de l´accession à l´indépendance de l´Angola, du Mozambique et de la Guinée Portugaise, CASTRO SOROMENHO est naturellement en relations étroites avec les dirigeants des mouvements nationalistes angolais et avec les anti-colonialistes français de Paris.

10/12/2014

Novo documento na página Dossiê PIDE – III

Filed under: Acervo Castro Soromenho, Dossiê PIDE (posts) — sobrecs @ 10:41

O documento de 1962 apresenta um texto “extraído duma revista de extrema esquerda que apareceu em Paris, junto do editor FRANÇOIS MASPERO”. No texto, há uma entrevista de Castro Soromenho na qual ele narra: (1) o seu passado como funcionário colonial e recrutador de mão-de-obra em Angola; (2) as terríveis condições do trabalho forçado; (3) e as origens dos movimentos de revolta contra o colonialismo.

Novo documento na página Dossiê PIDE – II

Filed under: Acervo Castro Soromenho, Dossiê PIDE (posts) — sobrecs @ 7:39

Em 1966, no jornal Portugal Democrático editado no Brasil, os portugueses da oposição à ditadura pediam o fim da guerra colonial. Trecho:

“O povo português, em luta pela sua própria libertação não tem nem poderia ter o menor desejo de se opor à luta que travam pela independência os povos de Angola, Moçambique e Guiné-Bissau e encara êstes povos como seus aliados naturais no combate contra um inimigo comum.”

09/12/2014

Novo documento na página Dossiê PIDE

Filed under: Acervo Castro Soromenho, Dossiê PIDE (posts) — sobrecs @ 10:36

No novo documento, a transcrição do discurso de Castro Soromenho na “Conferência dos Estudantes Negros que Vivem na Europa”, realizada em Belgrado em 1962. Trecho:

Le peuple angolais ne déposera pas les armes, ne renoncera pas à la liberté tant que son droit à l´auto-détermination et à l´indépendance ne lui sera pas reconnu.”

08/12/2014

Nova página no Acervo: Dossiê PIDE

Filed under: Acervo Castro Soromenho, Dossiê PIDE (posts) — sobrecs @ 2:56

Na nova página, apresentaremos alguns documentos (que ainda estamos selecionando) do dossiê da PIDE sobre Castro Soromenho. O dossiê contém artigos de jornais, relatórios, etc. relevantes para a história da resistência à ditadura salazarista e dos movimentos de independência dos países africanos.

Agradecemos a Vergílio Deniz Frutuoso o envio dos documentos.

Em meio a tragédia que são as ditaduras, a ação da censura e da polícia política, e seus relatórios, são por vezes cômicos. No Brasil, Ferreira Gullar teve seus livros sobre cubismo apreendidos porque “certamente tinham tudo a ver com Cuba”; havia ordem de prisão de um certo Bertold Brecht… No primeiro documento que apresentamos, há um paragrafo sobre Castro Soromenho que transcrevemos literalmente:

“Em Setembro de 1961, com o também comunista português, ANTÓNIO JOSÉ SARAIVA, realizou um “conferencia de imprensa”, na Bélgica, preconizando, nos moldes comunistas, uma ampla amnistia ao que chamou “presos políticos portugueses”, conferência que mereceu grande relevo na imprensa comunista, nomeadamente no jornal comunista belga “DRAPEAU ROUGE”.”

Bem, deve ter ficado claro que se tratava de um comunista…

Blog no WordPress.com.